Matheus 21:16

A boca dos meninos e crianças é que sai o perfeito louvor e adoração...


29 março 2010

Quebrando maldições de lobos e recebendo bençãos de DEUS!

Teria Deus amaldiçoado a raça humana? Estaríamos hoje necessitando de promover a quebra de alguma maldição? Às vezes ouço aqui, ali, acolá, “vamos ter uma reunião para quebrar a maldição”. Que maldição? Alguém nos amaldiçoou? Quem o fez? Ora, se existe alguma coisa, essa coisa alguém criou. Quem a criou? Deve ter um criador. Mas, afinal, o que vem a ser maldição? Maldição é a palavra mal-dizer, rogar pragas, excomungar. E isso pode acontecer numa circunstância adversa, numa hora de contrariedade. Há um ditado popular que diz: “praga de urubu não pega em boi gordo”.
Quando o povo de Israel vinha da terra do Egito, sob o comando de Moisés, destruindo povos pagãos, sob a ordem de Deus; e o rei Balaque, temendo e tremendo, enviou mensageiros a Balaão, para que viesse e amaldiçoasse esse povo, oferecendo-lhe muito ouro, conforme Números 22 e 23, Balaão, desejoso de receber esse bolão, fez tudo para convencer Deus de que deveria atender ao rei moabita. Mas o Senhor o impediu. Mais tarde o povo de Israel deu fim nele, matando-o à espada. Deus não permitiu amaldiçoar ao seu povo. Assim que Adão transgrediu a ordem divina, Deus amaldiçoou a terra, fazendo com que produzisse espinhos, cardos, cansaço, fadiga. Mas jamais amaldiçoou a criatura, ou seja, a raça humana. Então, de onde tiram essa idéia de quebra da maldição? Será que desconhecem a Palavra de Deus? Certamente que sim.
O Apóstolo Paulo recomenda abençoar, e não amaldiçoar. Temos que saber que a palavra mal usada pode trazer tremendas dificuldades para uma pessoa. E se entre os pagãos existe a prática de amaldiçoar, essa prática não é cristã. Afinal, a obra de nosso Senhor Jesus Cristo foi completa ou incompleta? Ela tem ou não valor para a vida daquele que o aceita como salvador? O que nos ensina o Apóstolo Paulo, em II Coríntios 5.17? “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram, e eis que tudo se fez novo”. “Se andarmos na luz, como ele está na luz, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo pecado” (I Jo 1.7). Afinal, esse sangue tem ou não poder para nos purificar?
“Cristo nos resgatou da lei, porque está escrito: maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas da lei para fazê-las… Cristo se fez maldição por nós, pois está escrito: maldito todo o que for pendurado no madeiro. Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldito por nós”, Gálatas 3.12-14. Portanto, o que amaldiçoa uma pessoa é o pecado. Querer livrar-se do pecado pela observância da lei mosaica, é permanecer na maldição do próprio pecado. Portanto, retenhamos o evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo. Como vimos acima, quem está em Cristo Jesus, é nova criatura, as coisas velhas já passaram. A maldição da lei foi desfeita pelo sacrifício do Filho de Deus. Portanto, não há lugar para quebra de maldições. Estamos livres para viver os ensinos do Senhor. Alegremo-nos nele sempre

07 janeiro 2010

Oração por meio da mao

oração por meio da mão Um lembrete útil sobre por quem orar! 1. Por mim. 2. Pelos que estão fracos(Doentes,salvos com problemas,não salvos). 3. Pelas autoridades( Pais,professores,policiais,membros do governo). 4. Pelos que me ensinam sobre Cristo( Prof da EBD,pastor,prof da classe Boas Novas). 5. Pelas pessoas que amo( Família e amigos). Paulo nos ensina a continuar"Perseverantes em oração"(Romanos 12:12). Ajude as crianças desde pequeninas a fazerem da oração uma parte importante da sua vida diária. Ao ensinar uma criança sobre a oração,use sua mão como recurso visual. Cada dedo deve ser um lembrete das pessoas por quem ela deve orar.

05 dezembro 2009

AS DEZ BEM-AVENTURANÇAS DA ESCOLA DOMINICAL

1. Bem-aventurado o aluno que não falta a Escola Dominical 2. Bem- aventurado o aluno que está à hora certa, na Escola dominical 3. Bem- aventurado o aluno que traz consigo a sua Bíblia à Escola Dominical. 4. Bem- aventurado o aluno que traz sempre a lição estudada. 5. Bem-aventurado o aluno que pratica o que aprende na Escola Dominical. 6. Bem-aventurado o aluno que dá lição prática na Escola Dominical. 7. Bem-aventurado o aluno que traz outros à Escola Dominical 8. Bem-aventurado o aluno que consagra amor à sua Escola dominical. 9. Bem-aventurado o aluno que contribui com suas ofertas para Escola dominical. 10. Bem-aventurado o aluno que ora com fervor pela Escola Dominical.

04 dezembro 2009

Ensinando os livros da bíblia...

Os Livros da Bíblia “Não se aparte da tua boca o livro desta Lei: antes, medite nele de dia e de noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho e, então, prudentemente te conduziras” Josué 1:8 Vamos aprender pra nunca mais esquecer Livros que nos mostram como se deve viver O Velho Testamento mostra desde a nossa criação Em 39 livros para nossa meditação Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio, Josué, Juízes, Rute, I e II Samuel I e II Reis, I e II Crônicas, Esdras, Neemias, Ester e Jô. Salmos, Provérbios, Eclesiastes e Cantares, Isaías, Jeremias e Lamentações Ezequiel, Daniel, Oséias e Joel, Amós, Obadias, Jonas, Miquéias e Naum. Habacuque, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias. O Novo Testamento mostra Vida, Graça e Salvação Em 27 Livros para nossa meditação Mateus, Marcos, Lucas e João, Evangelhos estes chamados são Atos e Romanos, I e II Coríntios, Gálatas, Efésios, Filipenses e Colossenses. I e II Tessalonicenses, I e II Timóteo, Tito e Filemon Hebreus e Tiago, I e II Pedro, I, II, III, João, Judas e Apocalipse

03 dezembro 2009

Ensinando as Crianças a Adorar...

Adorar não é só ficar sentado num banco como um espectador, ouvindo um pastor ou líder falar sobre Deus. È pensar sobre Deus. Adorar é reservar tempo para apreciar quem é Deus é, o que Ele fez e o que está fazendo. É responder a Ele com reverência, louvor e alegria O primeiro passo para adorar é a aceitação agradecida do presente de Deus para nós. A maneira de mostrar a Deus que nós O compreendemos e apreciamos, é aceitar com gratidão o pagamento que Ele fez pelos nossos pecados quando enviou seu Filho para morrer na cruz. Se aceitarmos Jesus como Salvador, o próprio Senhor virá viver em nós, e compreendermos como Deus é verdadeiramente grande e bom. Depois disso é que começa a verdadeira adoração. Adore a Deus em campanha de outros. Deus quer que nós O adoremos com outros crentes. No Salmo 43.3, Davi nos chama para adorar, dizendo: “Engrandecei o Senhor comigo, e todos, à uma, lhe exaltaremos o nome”. Ir à igreja ou a uma classe de Boas Novas não significa que você está adorando. Você adora quando pensa em Deus ao cantar, orar e aprender a Sua Palavra. Concentre-se em Deus e reúna-se a outros para honrá-lO. Adore a Deus quando estiver sozinho. Você pode adorar a Deus a qualquer hora, em qualquer lugar. Aprenda a viver cada dia pensando sobre Deus e agradecendo a Ele por ser Quem é e pelo que fez. Quando o sol, ou a chuva, baterem em sua janela pela manhã, agradeça a Deus por dar-lhe um novo dia. Entoe uma melodia de louvor enquanto veste. Ajoelhe-se junto à sua cama e adore a Deus, entregando-se a Ele para servi-lO durante o dia. Lembre-se também de que está cercado pelas Suas maravilhas. Aprecie a água quando lava o rosto. Note as cores, os tecidos e os perfumes. Pense sobre a fruta, o leite, o pão que vai comer no café da manhã. A criação de Deus não é realmente prodigiosa? Enquanto vai para a escola, olhe o lindo céu, as árvores, as flores e os animais. Sinta o seu coração batendo, examine os seus dedos em ação. Reflita! O Deus maravilhoso que fez você e todas as coisas passa o dia seu lado. Diga a Ele como está grato pelo Seu amor e pela promessa do Seu cuidado contínuo. Alegre-se com a Sua presença desde o momento de acordo até a hora em que faz a sua oração de boa-noite. Use a Palavra de Deus para ajudar você a adorar. Permita que a Palavra de Deus o ajude a se concentrar n'Ele e nas Sua obras. Os Salmos e muitas outras passagens das Escrituras são palavras de louvor ditas a Deus (1 Crônicas 16.34/ Salmos 95.100), e você pode usar algumas passagens, como o Salmo 23, como oração a Deus para adorá-lO “Obrigado, Deus, por ser meu pastor, por prometer que nada vai me faltar...” Adore a Deus em oração. Outra parte da adoração é falar com Deus e dizer o quanto Ele é maravilhoso. Termine uma dessas sentenças numa oração de louvor a Deus: “Deus eu te amo porque...” “Deus, eu te louvo porque...” “Tu és maravilhoso Deus, porque...” Cantar é um meio de Adoração. Use hinos como “A Jesus quero Amar”; “Louvo ao Senhor, porque é meu criador”; “Graças dou, bendito Senhor”, para ajudar você a dizer a Deus que O amam e lhe dá honra. Faça da oferta um Ato de adoração. Podemos adorar ofertando. Podemos dar a Deus todo o nosso ser – nosso tempo, dinheiro, talentos, corpos, mentes, corações. Você e eu damos tempo a Deus quando praticamos boas ações. Dando dinheiro a Ele, colocando-o na oferta da igreja, para ajudar as pessoas necessitadas, e para sustentar os missionários. Como você pode dar a Deus os seus talentos? Seu corpo? Sua mente? Seu coração? Malaquias 3.10 mostra as maneiras especiais de Deus recompensar a nossa contribuição. Adorar é bom! Os que fazem da adoração uma parte de sua vida diária, descobrem o segredo de uma alegria verdadeira e duradoura (Salmos 91. 1-2/ Isaias 26.3)